A fábula do burro e da cabra

Era uma vez um burro que caminhava por uma estrada. Ia a curtir sozinho, cantarolando e assobiando, acreditando que aquele caminho o levaria à felicidade que tanto desejava. A certa altura, o burro encontrou uma cabra que pastava na beira do caminho e que lhe perguntou:
- “Onde vais, burro?”
- “Vou em busca da minha felicidade”, respondeu ele.
- “Isso é fantástico!”, disse a cabra. “Achas que tu e eu poderíamos ir em busca da felicidade juntos?”
- “Acho que é capaz de ser uma boa ideia!”
E seguiram os dois pela estrada fora, alegremente, cantando e rindo.
O tempo foi passando e as coisas corriam tão bem entre eles que a cabra começou a fazer planos para o futuro de ambos. Falava do vestido que iria usar no seu casamento, dos filhos que iriam ter, da casa que iriam comprar. E o burro cada vez se apaixonava mais por aquela cabra, acreditando em tudo o que ela dizia. Tão iludido ficou com os sonhos e promessas de amor que ela fazia que nem se apercebeu que, a pouco e pouco, se iam desviando do caminho principal e rapidamente se perderam no meio do campo. Foi então que a cabra parou e disse:
- “Sabes burro, estou cansada. Cheguei à conclusão que estou farta de ti. Segue o teu caminho sozinho que eu vou procurar outro burro que me faça mais feliz. ”
E dizendo isto, partiu, deixando o burro na merda.
Só então o burro percebeu que, por causa da cabra, se tinha desviado do caminho da sua felicidade. Ainda hoje ele anda às voltas, tentando recuperar o tempo perdido e redescobrir a estrada por onde seguia quando conheceu aquela cabra que lhe estragou a vida e lhe partiu o coração.
Moral da história: Escolhe bem a tua companheira de viagem! Não deixes que nenhuma cabra te desvie do teu caminho com promessas de amor e sonhos de felicidade! Basta que ela encontre outro burro que tenha uma carroça melhor do que a tua e, quando deres por ti, estarás sozinho e infeliz!
publicado por Rui Moreira às 01:56 link do post | comentar | favorito